segunda-feira, 8 de agosto de 2016

7 SUPER DICAS QUE IRÃO TE AJUDAR NA HORA DE MANDAR SEU ORIGINAL PARA UMA EDITORA

Brendo Hoshington


Publicar o primeiro livro parece ser o sonho de 10 em cada 10 escritores iniciantes.

Afinal, quem não quer ver suas ideias saindo do papel? Ou melhor: indo para ele?

No entanto, há alguns pontos que é preciso se ater antes de sair enviado originais por aí. Veja a seguir 7 super dicas que irão te ajudar na hora de mandar seu original para uma editora:



Essa você já deve estar cansado de ouvir. No entanto, o que muitos repetem é sobre o quesito gramatical; corrigir e excluir os erros. Porém a edição não se limita apenas a ortografia.

Há muito mais para se fazer nessa etapa. Verifique se não há buracos em sua história. Questione se todas as cenas e acontecimentos que você escreveu são necessários para o livro, se perceber que algumas coisas só estão preenchendo espaço, não pense duas vezes, elimine-as. 


Assim como os trailers é o que nos atraí a assistir um filme, as sinopses são as responsáveis por desperta a curiosidade de quem irá ler o livro. E como muitas das editoras descartam os originais ainda nas primeiras páginas é nelas que você terá a chance de conquistá-las. Sendo assim, capriche bem na sinopse e a coloque no início do arquivo.



Além de ser uma exigência de algumas editoras, ter o seu texto registrado na Biblioteca Nacional pode evitar diversas dores de cabeça, entre elas ter o seu original extraviado e posteriormente plagiado.

O processo costuma durar em média de dois a três meses, no entanto com ISBN em mãos você já adianta uma etapa da publicação.


Enviar o arquivo de texto para o seu e-mail também é uma ideia válida. Em caso de plágio você poderá utilizá-lo como prova de que a autoria do texto pertence a você.



Fale sobre o seu livro. Crie um texto de no máximo dez linhas falando sobre a ideia que você resolveu abordar em sua história, e deixe bem claro o que você espera alcançar através dela.

Assim como a sinopse esse texto poderá despertar a curiosidade do editor.




Procure saber em primeiro lugar quais são os critérios exigidos pela editora para o envio do seu original.

Tais exigências podem ir desde a forma como você irá mandar o original até a formatação utilizada no texto.

Certifique-se de está seguindo todas as regras ponto a ponto, e se houver alguma dúvida entre em contato com a editora e pergunte. 




Esse é um ponto fundamental na hora de enviar seu trabalho para uma editora.

Afinal, enviar um livro de terror para uma editora evangélica não vai dar em nada não é mesmo?

Leia as opiniões das pessoas a respeito da editora pela qual está interessado, conheça seus livros, estude sua proposta.


Esteja certo da sua escolha bem antes de assinar o contrato.


Escreva uma carta objetiva sobre você. Ela deverá conter os seus dados, o que você faz da vida e o porquê deve ser publicado.

Se você possuí um blog ou um canal no YouTube, não se esqueça de citá-los, tais veículos são sempre bem vistos pelas editoras, e é uma forma também delas conhecerem o seu trabalho.


Brendo Hoshington / Administrador & Editor

Mora em Pernambuco e sonha em conhecer o mundo, mas por enquanto viaja apenas em livros e séries.

7 comentários:

  1. Pena que não li essas dicas antes de publicar "A Boneca Fantasma", rs...

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Obrigado Ad, é sempre um prazer tê-lo por aqui!

      Excluir
  3. Mais uma... posso?

    - Aceite as críticas. Se sua leitora beta disser que há um buraco ou algo que deva ser alterado, ou que não esteja bom, aceite a crítica e tente melhorar.

    Desculpe o desabafo. Estou sendo beta de um autor que se acha o Saramago e que me contratou, porém não aceita as críticas. Duvido que chegue a publicar.

    Bjkssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Lê! Afinal, se não for para receber criticas é melhor nem correr atrás de betas!!!

      Excluir
  4. Dicas incríveis, por mais que eu não pense em escrever um livro, suas dicas, resenhas e outros posts sempre me ajudam em ganhar inspiração e escrever outras coisas.

    ResponderExcluir
  5. Hummmmmmmmmm, eu tenho já um livro pronto (e se publicar já tenho continuação dele em mente). O registrado na Biblioteca Nacional como se faz? Vc tem algum link que me possa passar/

    Desde já fico grato.

    ResponderExcluir